sexta-feira, 19 de junho de 2009

VIOLÊNCIA 1 x 0 CERVEJA

.

Duas semanas após o acontecido, esse editor volta a discorrer por essas linhas digitais, porém, hoje, o assunto não é cerveja.

Na sexta-feira, 05 de junho, às 10h da manhã, em Porto Alegre, fui assaltado à mão armada. Dois jovens levaram o meu carro e deixaram duas balas. Uma delas percorreu, cerca de 15 cm - a altura de um copo de cerveja -, a parte superior da minha coxa direita. Entrou pela lateral e saiu próximo à virilha. Milagrosamente, não atingiu nada a não ser músculo, ainda que poderia ter acertado outras partes...

Como em qualquer grande cidade do país, a violência cresceu mais do que os investimentos em segurança. Não temos mais tranqüilidade. Gastamos o nosso dinheiro suado na prevenção do que nos prende, ou em pertences que entregamos aos ladrões.

Essa experiência terrível que passei, foi resumida aqui. Não reagi em entregar tudo o que portava, salvo quando os dois sujeitos maquinados me convidaram para passear. Posso ter me arriscado, pois tomei um tiro gratuito, mas quem poderia me afirmar que o meu passeio teria volta ou que fosse divertido? Pois, é. Roubaram, entre outras coisas, a minha câmera digital com fotos do lançamento da
Abadessa DoppelBock 2009, figuradas pelo próprio mestre, o amigo Herbert Schumacher. Na camiseta da cerveja Coruja, que eu usava por baixo, ficaram os dois furos da bala, um de entrada, outro de saída. Perdi também, três copos da Heineken, que rumavam a um colecionador de Minas Gerais. Todos esses itens podem ser substituídos, mas a vida não. Assim, eu só tenho que agradecer ao São Patrick, ao Gambrinus, ao Oscar Niemeyer (santo em vida), e tantos outros que me protegeram nessa enrascada.

Que tomemos os cuidados mínimos, e valorizemos os momentos de alegria, ainda mais os regados à cerveja. Um brinde à vida!

.

.

.

4 comentários:

Catador disse...

Está lista la invitación a la Ronda nº 13

Invitadísimo.

Rodrigo Campos disse...

Olá Patrick,

Já estava sentindo falta de novos posts por aqui, mas nunca imaginaria que algo tão grave fosse o motivo.

Pelo menos você já está bem. Desejo melhoras.

Um abraço.

MAURICIO BELTRAMELLI disse...

Grande Patrick!
Eu, um leitor assíduo do TeleCerveja, também já sentia a tua falta na blogosfera!
Seja bem-vindo de novo à vida e receba o abraço meu e de todos os Confrades do BREJAS. E que isso não tenha passado de uma experiência ruim, nada mais!

Manzapivo disse...

Graças a Deus foi so um susto. As coisas materiais podem recuperar-se, o importante e seu integridade fisica.

Um abraço!!

postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...