terça-feira, 30 de junho de 2009

CERVEJA ABADESSA EM SÃO PAULO

.
Caro leitor telecervejeiro (ou telecervejeira), após a cerveja choca que tomamos, estamos voltando à ativa!

.
Já que as fotos do lançamento da Abadessa DoppelBock 2009 foram surrupiadas, nossa menção a essa importante cervejaria segue em trechos da mensagem que recebemos do nobríssimo amigo proprietário Herbert Schumacher com a informação de breve representação nos pagos de Sampa.

.

.
.

As cervejas Abadessa são apresentadas por suas garrafas retornáveis. O original Biersiphon, marco da cultura cervejeira alemã, que surgiu no final do século XIX e foi muito popular entre as famílias para buscar cerveja nas cervejarias perto de casa. Também a garrafa Sektflasche, que nos remete a sofisticação que se merece. Não filtrada, ao servi-la, também observamos sua aparência levemente turva. Ao tocá-las em qualquer momento após sua fabricação, as cervejas Abadessa estão sempre geladas, devem ser transportadas e conservadas entre 0ºC a 6ºC.

.

Fabricadas de acordo com a Lei Alemã da Pureza - Reinheitsgebot, 1516 - não possui conservantes ou aditivos químicos. Ao abri-las, ouve um estampido único, conseqüência de, no mínimo, 28 dias de maturação dos seus ingredientes cuidadosamente selecionados. Suas receitas são próprias, exclusivas e foram desenvolvidas em parceria com a Cervejaria Kronebrauerei, de Tettnang, Alemanha. Identificam-se aromas complexos e especiais nos diferentes tipos de cervejas Abadessa, como a Abadessa Helles, a Abadessa Export, Emigrator Doppelbock e a Slava Pilsen. Essa última considerada por especialistas como a melhor Pilsen do Brasil em 2007 e 2008.

.

Cervejas únicas e especiais, com sabores diferenciados e alto drinkability*, são feitas com matérias-primas selecionadas - o malte de cevada, o lúpulo, o fermento, todos importados e a água de fonte mineral – não pasteurizadas, mantém seus sabores originais que aguça os paladares mais requintados.

.

A SLAVA PILSEN e a ABADESSA EXPORT serão as primeiras marcas a serem distribuídas em São Paulo. Abaixo a descrição das cervejas:


Cerveja Lager, tipo Pilsen Clássica de baixa fermentação, natural, não filtrada e não pasteurizada, de cor amarela claro, acentuado e refrescante sabor de lúpulo, com corpo leve e colarinho com espuma fina e consistente. Graduação Alcoólica: 4,1%. “Produzida de acordo com a Reinheitsgebot”, Lei Alemã da Pureza de 1516. Qualidade Abadessa de fazer cerveja.



Cerveja Lager, tipo Export/Dortmunder de baixa fermentação, não filtrada e não pasteurizada, de cor cobre intensa, imponente aroma do malte de cevada, e delicado sabor lúpulo. Graduação Alcoólica: 5,0%. “Produzida de acordo com a Reinheitsgebot”, Lei Alemã da Pureza de 1516. Qualidade Abadessa de fazer cerveja.

Em breve, estaremos operando um centro de distribuição na cidade de São Paulo e assim esperamos disponibilizar os nossos produtos aos apreciadores de uma boa cerveja, como seu cliente. Desde já, permita-me futuros contatos para apresentar-lhe nosso projeto.

.


Cordial saudação.

.

Herbert Schumacher

Cervejeiro e Proprietário

www.abade.com.br

.

Fábio Tozzi J Franco
Abadessa São Paulo

.

.

*Alto Drinkability implica em uma grande satisfação do consumidor ao apreciar a cerveja, que o leva ao consumo responsável de um segundo copo com a mesma satisfação que o primeiro devido a estímulos de fatores sensoriais e cognitivos.

2 comentários:

ricardo eccel disse...

Realmente uma cerveja diferenciada! Com menção à Helles.

Guilherme Rodrigues Liberado disse...

Sabem onde posso encontrar a Helles em SP ?????? segue contato gui.liberado@gmail.com

postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...